Pesquisar este blog

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Rio, previsão do tempo.


Resultado de imagem para praia arpoador
Previsão do tempo é uma coisa, "constatação do tempo" é o que vemos na TV entre propagandas de ejaculação precoce e surpreender idosos de 107 anos de idade:
Depois que a frente fria espampanante caiu de boca na intimidade do mar, formaram-se ondas de gozo que saíram no tapa batendo em tudo que eram costas não importando se eram geográficas, de surfistas ou de banhistas... Agora no Arpoador o pessoal se pergunta onde está o Sol sem perceber que o Sol sempre "está", as nuvens é que atrapalham. Chove chuva, chove sem parar, por favor chuva ruim não molha meu amor assim, se bem que quem anda na chuva é pra se molhar e ela gosta... Chega em casa toda molhada, a roupa colada no corpo mostrando que não raspa a perseguida nem usa calcinha, mas o meu amor é tão grande que começamos ali mesmo no corredor sem ligar praquele perfume masculino Santos Dumont com que chegou impregnada e eu não uso.

Fez-me lembrar "dançando na chuva" e "guarda-chuvas do amor", mas do jeito que a coisa anda, tudo desandado, o Gene Kelly morreria de pneumonia por falta de antibióticos no SUS, a Catherine Deneuve chegaria em casa com o guarda-chuva todo furado por rajadas de balas, e o câmera-man seria levado por uma onda que se elevaria , enlevada, acima do elevado do show-Joá, cada macaco em seu galho, show-Joá, queremos melhorar este lugar....

17 graus no Rio, 12 graus aqui na praia, 50 negativos em meu coração carioca!

Há coisas que arrebentam mais que ondas, que bocas de balão! Qualquer netinha de três anos vai perguntar o que é ejaculação precoce... Deixe que os avós respondam... Os tempos andam quentes, o tempo anda frio e chuvoso. Até o sol se esconde.

Rui Rodrigues

domingo, 20 de agosto de 2017

Pontapés no vento. Socos no ar.



Imagem relacionada

Um dos maiores erros cometidos por conta da ignorância é acharmos que "eles", os romanos invasores, hititas, egípcios, assirios, os bárbaros, os ingleses, franceses, portugueses, espanhóis, italianos, holandeses, belgas, americanos, japoneses, alemães, "nos invadiram", "nos comeram as mulheres", "nos escravizaram" e "nos roubaram" tudo...Como se o ideal humano fosse um rio, uma tribo sem rei, sexo comunitário gratuito, e eles mesmos já não tivessem sido invadidos, comidos, roubados, escravizados, .O mundo vem mudando e vai mudar mais sem regredir, mas o discurso para angariar dinheiro grátis continua o mesmo, não importa se estudou história ou não, e vivem bem, cercados de luxo e luxuria, de um progresso derivado de aprendizado e auto-correção que não querem ter de aprender porque teriam de trabalhar.
Os que trabalhamos precisamos aprender!
Os outros podem falar besteiras...
Não é pelos 20 centavos.
É que enquanto houver miséria, haverá miseráveis que apesar de ignorantes ficam ricos vendendo esperança, mulheres e crianças: Arrumam-se, perfumam-se, aprendem a falar mesmo não sabendo fazer contas ou escrever direito, decoram texto representam papeis do que não fazem, mas dizem que são.
Quem aprendeu passou mais uma fase da evolução humana.
Aprendemos a dissimular, aprendemos as artes da representação.
Qualquer um pode ser artista. Basta ter um papel, um diretor, um endinheirado para lhe pagar. Nem que seja o Estado, a Igreja, alguém da classe mídia ou da classe média.

Alguns desses emanados atropelam gente inocente em calçadas, esfaqueiam transeuntes, explodem-se para matar, degolam aos montes com pompa e circunspecção. Outros usurpam o poder dizendo que o povo que manda. Outros são apenas artistas de boa pinta. Também há quem cheire e fique irritado e destrambelhado pensando que chegou ao topo dos "tops".

(E ao dizer estas coisas se perdem amigos, quando não se é um Fernando Pessoa, o que disse que o poeta é um fingidor, fingindo ser dor a dor que deveras sente)

Rui Rodrigues

sábado, 19 de agosto de 2017

Besteirol da ficção insoniosa


Resultado de imagem para insoniaDelivery sono

O sono não vinha. Estava atrasado. Não se pode ligar para um numero e encomendar dois litros de sono, ou um desmaio, ou para os viciados um coma induzido pra dormir e descansar tranquilamente como criancinha em colo de mamãe, bem perto do peito de onde jorrava o leite, que o mel era do vidrinho. Nos tempos em que fumava, talvez arriscasse um baseado, mas já não fumo, e da ultima vez que fumei, a erva do diabo deu onda ruim, e o diabo apareceu: Saí voando da casa que não era minha, como quem foge augurando enorme pedregulho se abatendo sobre ela, e desaparecemos num táxi que nem me lembro pra onde fui.

Delivey ser 

Mas vim de algum lugar. Olhando através das brumas da insônia pode ver-se aquele mutirão de fantasmas esbranquiçados, de olhos fechados, ouvidos tamponados, boca costurada, dedos de osga, apertando botões num painel transparente onde se pode ver o brilho iluminado de complexo fluxograma. Distribuem "personalidades básicas" para seres nascentes, sejam sapiens ou "ignotiens". O restante da personalidade cada ser vai construindo na medida em que tem a oportunidade de continuar vivo. Todo dia, hora, minuto, segundo, é uma nova oportunidade de viver, evoluir. Cada reino tem sua central de distribuição.  

Delivery semente

Todos os reinos se baseiam no masculino e feminino, alguns mudam de acordo com a temperatura e a necessidade de reprodução, outros emitem cópias de si mesmos como se fossem máquinas copiadoras 3D copiando no tempo, boa parte precisa de vento para se misturarem, ou de outros seres, ou de hormônios que exigem sexo pra obter prazer. E aqueles seres operando o fluxograma e injetando "personalidades básicas" em cada ser nascente. Então, passei cuspe no dedo e virei a página de livro surreal, inexistente, para ver o que estava  escrito.

Delivery insônia    

Não havia nada escrito. Nem havia folha. Nem livro. Havia uma insônia que não havia sido pedida. Nem era insônia. Era uma troca periódica de horários desde o tempo em que virava 3 noites por semana no trabalho. Nada havia para tirar conclusões, porque não havia fluxogramas, nem seres distribuidores. Nem "personalidades básicas". Não há nada a não ser ilusões que duram em média cerca de noventa anos. Quantos já viveu? Aproveite. Insônias são excelentes pra pensar.

Rui Rodrigues

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Eu robot não Vitruviano.


Lembrando que temos muito com que ganhar dinheiro trabalhando: Cabeça, pernas, braços com mãos e dedos...O tronco, em principio, não era pra trabalhr. Era pra acolher o motor a combustão, o sistema de lubrificação, o escape, acomodar o computador no cabeçalho, articular os braços e as pernas, e proteger o compartimento da reprodução, mas por vezes também é posto a trabalhar para sobreviver.
O "Eu, robot" ... Eles mandam, e nos drogam, dopam, pelos ouvidos com sua propaganda, pelos olhos com suas pinturas e gravatas. Prometem-nos, fazem-nos versos, dizem que vão se corrigir, mas não somos nem mulheres de malandro, nem prostitutas de cafetão, nem gladiadores de lanistas, nem escravos de Feudos... E funcionamos. Nosso "eu" robô funciona, pensa, raciocina...

Eu gosto de escrever. Sempre gostei. Mudar o mundo só robô louco tem esse tipo de pretensão. Melhorá-lo ou piorá-lo nem Buda conseguiu, nem Maomé, nem Vishnu, nem Jota Cristo, Lenon ou Jota Quest. Imagina eu.... Eu robot....

Mas gosto de escrever. Espero que gostem de ler e que nenhum atentado politico, terrorista, ou corrupto nos atinja.... Temos que combater duramente os três. A bem não se resolvem atentados. O Homem Vitruviano de Marco Vitruvio Polião, ficou no passado. Era exemplo de "beleza" nas proporções, e chegou ao século XXI gordo de Hambúrgueres mostarda e ketchup e não resolveu fundamentalmente NADA. Ademais descobriu como fugir deste planeta num rabo de foguete. Eles vão fugir e nos largar no chiqueiro.

O órgão sexual do Vitruviano é geralmente pequeno, mas se compensa com carteiras recheadas. Felizmente nem sempre! 

Rui Rodrigues

quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Migração com irracionalidade

As massas agem com irracionalidade.


Só num dia a Espanha resgatou 600 emigrantes. Até agora 3 vezes mais que em todo o ano passado. Isto vai acabar muito mal. Este planeta não tem reserva técnica de espaço como as represas de água têm o "volume morto". Parte de esquema montado ou de "migração espontânea" , o fato é que talvez estejamos vivendo os últimos dias alegres do ultimo período da história humana antes do advento do primeiro período da nova fase a que alguém sem importância e desconhecido dará nome como já deram a "idade média", "renascimento", "calcolitico"...



Isso nos pode levar a partirmos definitiva e urgentemente para outros planetas deixando 99% pra trás, ou a perecermos todos amarrados, agarrados, dividindo irmãmente o pouco que sobrar de razias, assaltos, ou de comiseração compartida sem empreendedorismo, porque por falta de segurança ninguém quer produzir nada porque lhe será roubado. A ter que se ser obrigado a produzir pelo Estado, melhor que se continue como está enquanto se produz de boa vontade.

O problema, que parece ser de sobrevivência, pode ser de suicídio coletivo. Essa nova fase a que se dará nome, pode ser a ultima da Sapiens

Rui Rodrigues

terça-feira, 15 de agosto de 2017

Madeira- Havia uma arvore no meio da procissão.

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé, planta, árvore, atividades ao ar livre e natureza


Ilha da Madeira... "Tel
efonei" pra Deus hoje e esculhambei de vez.

- Deus ???
- Sim... Diz, meu filho...
- Essa hoje foi terrível... 13 mortos e 49 feridos na procissão...
- Aconteceu sim...
- Estavam numa procissão guiada por tua mãe Maria, e a árvore caiu.
- Maria é minha filha, não minha mãe. Trato todos por filhos. A árvore não empurrei não. Também não pedi a procissão.
- Mas tu comandas tudo na Terra, Vês tudo... Justo quando a procissão cantava em coro "Amem"... Com tanto motorista enfiando carro em cima de multidões, cai uma arvore em cima de fieis na Madeira....
- Não tenho nada que ver com isso. Os organizadores da procissão sabiam que a árvore estava condenada e com problemas... Pergunta a eles. A Deus o que é de Deus, e aos Organizadores o que é deles. Eles sabiam que se alguém se encostasse nela podia tombar.
- Mas "a vontade de deus" onde que se...

(E desligou. Ele controla as comunicações quando não tem respostas para absurdos. Sempre foi assim)

Presbíteros, Angostura e rombos


Nenhum texto alternativo automático disponível.
Bom dia, pingando decepção de rombos...

Bom dia meus amigos e minhas amigas... Hoje amanheci como amanhecem os lagartos pequenos e os grandes, incluindo lagartixas e jacarés, levantando a cabeça, sempre, buscando o sol pra me aquecer, dar energia, mas sem comer ninguém, como jacaré velho, ou comer mosca como lagartixa de parede. Foi logo ao levantar a cabeça, que me dei conta de estar num enorme túnel vertical, sem luz alguma no final, fugindo de uma carga de arrombados rombudos com ninhos de minhoca nas corcovas melequentas, carregando maletas que esgrimem como armas, guardados por forçados armados cientes de defender os princípios que chegaram aos fins.

Longe de ter tomado drogas para ter tal visão, mas quase eletrocutado pela realidade que nos chega aos miolos em quentes raios de microondas cheias de bites carnívoros cheios de noticias de assaltos, rombos e políticos empreendedores de verbas da união... A união, meus ambíguos e minhas amídalas, é deles... Eles que estão unidos e têm energia. Nós temos sangue de minhoca em corpo de lagartixa letárgica sem dentes.

Vergonha de nós.

Pum!
Resultado de imagem para brasileiras em conventos portuguesesO presbitério e o convento

Entre o presbitério e o convento não havia túnel. As idas e vindas tinham que ser feitas durante o dia ou pela calada da noite, mas, não por sorte, as freiras tinham uniformes que as cobriam completamente. E os presbíteros e frades também. Foi assim que Joana se tornou papisa ali pelos idos dos anos 880 ocupando o trono papal entre o reinado do papa Leão IV e Bento III. Descobriram que o papa era mulher por entrar em trabalhos de parto durante uma procissão numa rua estreita entre o Coliseu de Roma e a Igreja de S. Clemente. Claro que se transava e ainda se deve transar, mas longe dos olhos, longe do coração o que significa que o que os olhos não veem, o coração não sente... Muito mais tarde, entre 1.500 e 1.900, os pais de mulheres no Brasil mandariam suas filhas para conventos em Portugal. Casadas com Deus, Deus deve ter passado bons momentos. Muçulmanos, dizem, só têm virgens no paraíso. Sete, dizem... Querem que se acredite que este mundo é como querem que o vejamos e acreditemos. Costumavam dizer: Olha para o que eu digo, não olhes para o que eu faço. E o diziam com uma convicção de Jesus Cristo ao caminhar sobre as águas. Foram os apóstolos que disseram. Dizem também que no templo de Valdomiro e de Macedo se operam milagres. Este mundo é um mercado onde se vende de tudo. Quem não entenda do riscado, acredita no vendedor, e acaba comprando tecido que encolhe e desbota na lavagem. Ou falsa Angostura.





Cronica de Angostura

Resultado de imagem para angosturaAngostura é um "bitter", uma bebida amarga nascida na Venezuela para ser usada em alguns pratos, ou adicionada a outras bebidas. Tempos de pirataria braba. Bons puristas de hoje tragam o bitter puro sem misturar para não estragar as outras bebidas. Acho que uma garrafa dura uns 10 anos na prateleira e normalmente acaba sendo jogada fora porque todo mundo acha que o conteúdo azedou, estragou. Perdi um amigo potencial porque juntou Angostura no meu Porto e achei que estava de gozação comigo. A Venezuela começou a ficar famosa quando a OPEP ainda subia os preços do petróleo a seu exclusivo prazer. Era uma organização de gente muito inteligente porque previram que o petróleo seria um vilão, que as fontes de energia renováveis substituiriam o óleo cru. Só Hugo Chávez e Maduro não perceberam isso e continuaram vendendo petróleo a preço de banana. Lula da Silva encheu os bolsos dele e dos amigos. E os antes dele e os depois dele. Hoje a Venezuela fica famosa por causa do tal Maduro, mais carente de miolos que uma porta, mais ignorante que minhoca seca, mais irritante que camarão alérgico. Do seco! E  muito amargo... Angostura de dar gastura.

Rui Rodrigues

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Ensaio sobre as monarquias dos reinos da Terra


Resultado de imagem para os reis da idade media


Venham comigo pra aula das coisas que se precisa saber mas que têm respostas diferentes no ENEM, Por exemplo:
- O que é uma monarquia?
- Monarquia é um sistema de governar um povo baseada na crença que um grupo de pessoas (os reinantes)que não querem trabalhar no pesado têm sabedoria e tempo disponível para garantir aos outros cidadãos uma vida tranquila pra poderem produzir em paz para o reino. Todos esperam o progresso do reino.
- Como funciona uma monarquia?
- Um sujeito que se dizia descendente dos deuses, lá no passado antes de Jesus Cristo, disse que era descendente de Deus e tomou o poder com a ajuda dos sacerdotes que os benziam. Intitulou-se "Rei". Em paga os reis distribuíam parte dos impostos com os sacerdotes. Como símbolos os reis usavam coroas e bastões. O primeiro rei pegou o que tinha mais à mão, um penico, mandou cobrir de ouro muito bem trabalhado, mandou entalhar joias e enfiou na cabeça. Para adereço de mão, um cajado de pau nauseabundo com que costumava enxotar os animais do palácio e as meretrizes fidalgas que sempre lhe pediam umas terras antes de cada boquete. As esposas do reis eram lulas: Não viam nada, não sabiam de nada, mas usufruíam dos tripalácios de primavera, verão e inverno. No outono tiravam férias dos reis.
- Porque há tão poucas monarquias atualmente?

Resultado de imagem para os reis da idade media


-  Porque os fidalgos, os nobres que tinham terras e os grandes produtores e comerciantes e banqueiros começaram a trocar favores por cargos e "financiamentos", de tal modo que pelos idos de 1900 havia mais gente querendo não ter que trabalhar, mas participar das delicias do poder, surgiu a febre da republica dando a possibilidade de qualquer um poder vir a ser Rei e não apenas os filhos de Deus.. Até Jesus Cristo, filho de Maria e de José usou esse estratagema. Veio como filho do "homem", o "cara", pra reinar sobre o Império dos romanos... A republica aumentou enormemente a despesa do Estado, por causa da quantidade imensa de gente em cabide de empregos com uma sede de poder e uma ambição muito maiores que as do Marquês de Pombal, o Sebastião e Melo, que era muito mais rico que o rei D. José I e ficou ainda mais depois que mandou julgar, queimar e perseguir judeus.
- E qual o futuro da República?
- O comunismo... O futuro da República é o comunismo do futuro, ou seja, todo o povo com empregos no governo, um cajado para defender-se dos ladrões de migalhas, um penico velho como prato porque todas as fábricas no reino fecharam, comem-se as baratas e ratos que sobrarem. Crus, por falta de petróleo, fósforos e isqueiros. Acabar com o trabalho parece ser o grande objetivo da humanidade. Aos comunistas o mundo, aos porcos as batatas, se alguém as quiser então produzir gratuitamente como as produziram os escravos de todos os séculos.


Rui Rodrigues  

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Passeando no tempo, uma cruzada

Passeando no tempo



Tenho excelente memória. Ali pelos anos 60, a Tijuca cheirava diferente de Botafogo, Leblon, o cheiro de gasolina só se percebia no Santos Dumont e no Galeão, e em postos de abastecimento. A policia circulava de noite. As crianças em idade escolar usavam uniforme e nem por sombras se escutavam cancões dizendo que estavam sarrando lentamente. Nem pensar. O progresso depende do sentido em que vamos. Se formos para trás, para a barbárie, a baderna, será um retrocesso. Imagine-se ver criancinhas transando na tela porque é "contestador", bota as pessoas para discutir o assunto, dá IBOPE, vende o produto.... Tal e qual governos corruptos que poem o destino da nação na mão de marqueteiros e "filósofos políticos" : - que você acha (perguntam-lhes, aos marqueteiros e psicofilósofos):
- O aumento de impostos passa ou não passa???
(E saem por ai falando pelos cotovelos, escrevendo novelas, publicando propagandas, rejeitando juízes, distribuindo riquezas que nos deixam pobres, tentando arranjar mais riquezas para distribuir pelas chefias).



Uma grande cruzada

Tenho excelente memória a curto e médio prazos. Arrisco a dizer que tenho excelente memória a longo prazo, e que devo ser deficiente em inteligência, contra todas as evidências que o tempo me demonstrou. Isto por enfiar quase todos os problemas da humanidade num mesmo saco e ao retirá-los um a um, para análise, verificar que são todos iguais. Não vejo diferenças fundamentais entre a "problemática" entre negros e brancos e entre ricos e pobres, entre nazistas e comunistas, cristãos e muçulmanos, nazistas e judeus, sulistas e nortistas, árabes e judeus, machistas e feministas, eruditos e ignorantes, fundamentalistas e progressistas, orientais e ocidentais, norte-coreanos e americanos, monarquistas e liberais, bandidos e cidadãos, políticos nacionais e cidadãos nacionais. Se Marte estivesse colonizada, haveria uma guerra neste momento pela independência marciana. É disto que se trata, exatamente, quando se fala destes problemas a que damos nomes diferentes sem percebermos que o vírus é o mesmo. Queremos "independência" de grupos com os quais nos identificamos. Por vezes dentro da mesma família, quando se trata, por exemplo, de uma herança.

Já foi entre Aliados contra o Eixo, Aliados contra Napoleão, romanos contra bárbaros... Hoje é de cidadãos contra corruptos, unindo sulistas a nortistas, brancos a negros, homens a mulheres, armados a civis, uma verdadeira cruzada onde não se pode deixar passar nada, nem com "juízes" do STF, "indicados" por indiciados.



Rui Rodrigues

terça-feira, 8 de agosto de 2017

Estátuas e medalhas




Vamos ver se consigo me explicar:

Earl Haig foi comandante famoso do exército britânico. Não me lembro porquê,mas não foi por roubar nem por ser corrupto. Em 1914-1918, desenrolou-se a primeira grande guerra mundial por causa do assassinato de um arquiduque. Já mataram reis e rainhas, cônsules e presidentes, já soltaram foguetes intercontinentais e nem por isso houve guerras mundiais. Guerras só as há quando as querem, mas o fato é que durante essa guerra resolveram transportar a estátua do famoso general pelas ruas de Londres. Aproveitando que estamos falando de guerras, Londres já se chamou Londinium quando foi fundada pelos Romanos ali mesmo, onde está até hoje, no século primeiro depois de Cristo. Mas mudando de assunto, para ver se consigo me explicar, ninguém se lembra do tal comandante nem que sua estátua foi transportada pelas ruas de Londres. O motorista da carripana já morreu. Se rodarmos este mundo perguntando se alguém sabe o que seja a foto, ou se lembra, a resposta será não, exceto pelas turmas de ciências militares do Reino Unido e um ou outro bem dotado de memória que tenha lido sobre a primeira guerra mundial!

O tempo, que atravessamos enquanto vivos, por mares montanhas cidades estrelas e panetas, é como o nevoeiro da fotografia de Londres: Num dia entre 1914 e 1918 enquanto o general desfila em estátua sem nada ver como se estivesse definitiva e irremediavelmente, morto! Mas quando o nevoeiro passa e vamos na janela, já estamos em 2017 e ninguém se lembra do passado, a paisagem é outra, mas teimamos em dizer que o mundo é o mesmo. Ora, se para um comandante da estirpe de Earl Haig, ninguém se lembra, imagine de mim, de você, Lula, Dilma,Temer, Aécio, esses corruptos do Senado, da Câmara.... Por melhores ou piores que sejamos em vida. Mas não vamos muito longe, nem a Londres ou na Flandres, revisitar a batalha do Somme. Vamos ali mesmo, aos cofres públicos. Abrimo-los e o que vemos ??? Um nevoeiro...Uma névoa como cortina de fumaça... Agora, se lhes perguntardes, dir-vos-ão que merecem estátuas, medalhas no peito, gorda maquia de aposentadoria por serviços prestados. Haig, sim, esse mereceu! A Pátria primeiro, sempre.


Rui Rodrigues

quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Descansa em paz, meu amigo...


Nenhum texto alternativo automático disponível.Quando cheguei ao Brasil conheci o cunhado do dono de uma sapataria em frente da alfaiataria de meu pai. Ele era sócio do cunhado. Ele tinha uma Aero Wilys azul e eu andava a pe e em transportes públicos. Fizemos amizade, namoramos duas irmãs, ele casou com uma e eu não. Nunca deixamos de ser amigos. A vida nos separou, e voltou a juntar-nos num condomínio da Tijuca por um par de anos, tremenda coincidência. Os tempos que passamos juntos, o lufa-lufa de construir famílias, os ventos da vida que nos empurram, fazem parte de minhas melhores memórias, que não sei o que fazer com elas, porque me parece que memorias também morrem... Basta sair por ai fazendo perguntas...

Em 2015 ainda nos vimos e comprei-lhe dois pares de sapatos que ainda tenho, mas nem uso porque deixei de usar ternos...

Descansa em paz, meu grande amigo, Manuel Pinho Santos, desde os tempos em que nossos pais ainda eram vivos... Somos daqueles poucos que têm tudo para se orgulhar, nada para execrar!

Rui Rodrigues

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Canta, bananinha, canta


Resultado de imagem para bananas na gaiola
- Sabeis que santos da porta não fazem milagres, mas continuais a não imitar a sua santidade, a recusar segui-los, apesar de santos, para não vos sentirdes rejeitados, e principalmente por sentimento de inveja porque não sabeis fazer milagres nem melhor nem pior que os deles que nem o fazem. Sentem-se melhor dizer que não servem para fazer milagres em casa. 

Foi o que disseram os que vieram com novo deus a respeito dos Lares, dos Manes e dos Penates a quem se imploravam milagres em vão... 

Mas isso foi ali pelo grande lago romano e há menos de dois mil anos... Agora continuam a não fazer milagres. E pra não fazer milagres, qualquer deus serve, principalmente os que não existem ou não são considerados. Assim como "as uvas ainda estão verdes", da raposa.

Um dia aparece um deus que destrói o mundo que outro deus fez. Mas ninguém acredita que seja por aqui... Fica tão longe o lago romano que nem é mais lago nem mais romano... E dirão alguns descrentes das evidências:

- De que milagres fala esse, que parece admoestar-nos ?
- Acaso é homem de Cesar, de Iavé, ou de fé ? Quem sabe um pro-feta, um anti-feta?
- Já viram em que moeda tem esfinge?
- Em nenhuma. É um impostor! Vi-o ontem na caverna 705 do condomínio do Mar Desmaiado.
- Atirai-lhe pedras então, atê que a ânima se lhe extinga.
- Dizem que fez milagres em terras longínquas.
- Então alimentem-no e deem-lhe um templo. E tempo...Quem sabe nos faz milagres também...

E assim apareceu Maduro, Chávez, Lula, Dilma, Temer, Aécio, juízes de Toga, dizimistas e pixulequistas, Lenines, Maoistas, e terroristas urbanos, opistas do povo, belzebus de toga, prefeitos imperfeitos, heroínas mediáticas...

E as caixinhas eletrônicas de contar votos programados e eleger lares, Manes e penates. E pra quem achar que isto não tem sentido, basta ter fé: Colocar uma banana numa gaiola e esperar que ela cante

Dos velhinhos gagás, Dornelles pediu dinheiro, Pezão baixou ao hospital SPA, Temer vai liberar, Meirelles assina o cheque, maleteiros-boy voam pela cidade de aves de rapina esvoaçantes como em filmes soturnos de Batman.

Canta, bananinha, canta que frei Crivella vai milagrar...
Canta, bananinha, canta pro Brasil inteiro não chorar.

Rui Rodrigues

segunda-feira, 31 de julho de 2017

Acordar de descompensados


A imagem pode conter: uma ou mais pessoas
Não acorde assim desmilinguido, brochado, sorumbático, ainda cheio de serotonina, desanimado e desalmado, porque hoje é segunda feira... Dia de trabalho...Pense que já se aposentou, ligue para a empresa e diga que sentiu palpitação no coração, e que vai para a fila do SUS.
Se roncou de noite e acordou dando puns, preocupe-se mais se além disso ainda arrotar ao jantar da festa da semana passada... Pense como devem estar ricos os políticos "indiciados" , embora trocando de fraldas quatro vezes por dia... Alivia!
Trai-se porque se tem que dormir com quem se transou... O ideal é ter no apartamento o "quarto" da transa, sempre escuro, onde se realizam os "sonhos" eróticos sempre entre dois desconhecidos e se a empregada e o motorista toparem, é festa no AP, pode ligar o som na banda das frenéticas...
Enfim... Assista programas retrógrados sobre animação dominical, cozinha e saúde, e entre em choque psicológico nas novelas sempre "progressista" como quem cheira umas 10 carreiras de uma vez só... Bandidos heróis são o máximo da bagaceirada... Mamães de criminosos assistem quadro a quadro, exultantes. Afinal, não é todo mundo que vê em criminoso um bandido ou uma bandida.... Excelente papel para artistas cuspidores...
Se tudo isso acontecer, prepare um bom café , desligue a TV, saia para a rua e vá beijar soldados e policiais... Moro condena, as forças armadas e policiais fazem o seu trabalho, e os políticos continuam nos frustrando com a pichulecagem, maletagem, a maletaria, ainda sem vacina no SUS e se houvesse estaria em falta.

Não desanime... depois piora...

Rui Rodrigues

domingo, 30 de julho de 2017

Fogueiras, paus de arara e paus de dar em doido.



 
A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé e barba
Certo dia o mundo amanheceu "desqualificado", evitando o uso de adjetivos qualificativos. Uma perfeita mentira, porque sempre estaremos "qualificando" enquanto houver consciência e listas de botânica, alfarrábios de Astronomia. Mas houve tentativas. Uma delas queria tornar os seres humanos todos iguais perante a lei. Foram os humanistas democratas gregos. Mas não conseguiram convencer as consciências. Depois vieram os comunistas usando o uso da força com e sem cedilha, para convencer as consciências, tempos em que se davam choques elétricos em loucos para os tornar mais doidos, mas alguns ficavam mais malucos. Em todo caso era menos letal o uso da eletricidade para esse efeito de mudar as pessoas, do que manda-las para a fogueira para amarem a Cristo ou para Gulags aprender a ser proletárias.

O anoitecer do mundo nunca se sabe como será, mas eu lhes desejo uma bela manhã , uma bela tarde e uma maravilhosa semana.

A melhor imagem de ficção que tenho é a de Lula mendigando um prato de "arrodz" pelas ruas do ABC, cercado de moscas varejeiras vivas, mas parece uma perfeita mentira... Aécio, Temer, Marina, FHC, e outros, alguns presos, outros soltos de toga ou pelados, são todos amigos, democratas, desqualificados, maleteiros, tranquilos porque não se usa mais o pau de arara, nem o pau de dar em doido, e defendem-se uns aos outros.

Ocorreu-me dizer isto por causa "daquilos" e de "outrens" , e em especial em nome dos mortos na Venezuela, presos políticos em Cuba, ameaças da Coreia do Norte, deuses ausentes, homens tendo que construir este planeta com seu engenho e arte...

Rui Rodrigues

sábado, 29 de julho de 2017

Sherlock e a Segurança no Corcovado...

Resultado de imagem para sherlock holmes e watson

- Diga-me, Sherlock... Onde andam os policiais contratados pelos Estados e pelo Estado, que não se veem? ...
- Resolveste testar-me, meu caro Watson, ou decidiste fazer-me chacota?
- Nada!... Pensando nos generais da inteligencia que querem diminuir a violência.
- Sabe Watson... Quando estudava, comi uma enfermeira gostosa que o Diretor do Hospital Publico mandava apanhar em casa. e levar, de ambulância...
- Nossa. Holmes...E você ?
- Ganhei uma bela gonorreia... E muita sorte de não me acertarem. Descobri que era casada.
- Amantes....E o que isso tem que ver com os policiais que não aparecem ? São mais de 700.000 só de PMS...
- Nem as ambulâncias apareciam. Morreu gente por falta de atendimento. Mas soube outras coisas.
- Imagino!
- Políticos viajando toda semana. Gente que parece não ter nada a haver, carregando maletas, mochilas, o transito de notas, joias, documentos. Policiais cuidando de políticos, cuidando da "fiscalização" de voos internacionais, as tais maletas "diplomáticas"... Políticos querendo passaportes diplomáticos para familiares fazerem o transporte, com policiais desviados do funcionalismo publico.... Aconteceu com o Joesley..
- E alem disso, cuidando da segurança de Bancos, Midias, figurões, casas comerciais..
- Será que o General vai "ver" isso tudo no Rio de Janeiro ?
- Ver pode... Mas se for muito eficiente ´pode perder o emprego.
- Quer dizer que vão matar uma porrada de formigas...
- E fingir que não veem elefantes...
- Já perguntaram uma vez ao povo: Pezão, Paes, ou Crivella?
- Nem me fale... Mataram o JC...
- Tá lá até hoje, o Cristo Redentor... Mas não esculpiram a cruz...
- Mas o povo se distraiu um bocado enquanto durou....
- A crucificação?
- Não !!!! A construção e montagem da estátua no Corcovado...
- Podiam recobrir de cobre...
- Onde pretendem enfiar tantos apreendidos,presos e detidos que vão tirar das ruas?....
- Eu mandava pro Acre coercitivamente...
- Deve ser pequeno demais...
- Vamos pensar...
- Me arranja um charuto ?.
- Não fumo mais...
- O ministro da economia ia dizer que a economia melhorou porque aumentou o turismo para o Acre..
- Que beleza...


Do livro
"A moribunda na Floresta Virgem"
Rui Rodrigues

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Texticulos e sardinhas...

Texticulos são diferentes de testículos.


Um dia escrevi uns Textículos e criei esta nomenclatura para textos assim pequenos, reles, sem importância, que escrevi e como aqueles que têm escrevinhado para nossos presidentos e presidentas nos últimos 15 anos, que tanto horrorizaram a nossa querida Academia nem sempre de Belas Letras, depois que admitiu marimbondos de fogo de bunda mole em suas vetustas prateleiras de hercúleos versos...

Da língua portuguesa sou esposo e amante, mas confesso uns casos com mais de um par e menos de meia duzia de línguas, como iguarias de diferentes pensamentos. O Rio de Janeiro, Fevereiro e Março, alô alô Realengo aquele abraço, é uma Babel sem torre. Pezão veio se desculpar com texticulos.... Se não tivéssemos reclamado, estaria no SPA de luxo se masturbando com mão alheia até hoje, comendo churrasco de penedo.
Testículos de porco, por exemplo, não têm letras nem discursos

A imagem pode conter: 1 pessoa, close-up

Fábula das sardinhas contada "assim" e assada "na brasa". Imagine que...

Em todas as nações, pescadores pescam sardinhas todos os dias do ano, de todos os tamanhos, até acabar com elas porque não têm tempo de se reproduzir. Menos num, onde se pescam apenas sardinhas adultas, e se respeita o período de procriação...
Ao final de uns cinco anos acabam as sardinhas em todo o mundo e chegam os comunistas dizendo: Também temos direito a pescar sardinhas, este planeta é de todos. E chegam com bombas, armas e frasquinhos de perfume "molotov".

E você, sem exército, sem armas, porque quer a união sul americana de povos e nações unidos no "comunismo Bolivariano", entrega a rapadura, perdoa dividas, usa sardinhas sem camisinha...

Nenhum texto alternativo automático disponível.E chama o Papa, claro, porque ele adora que doem sardinhas de preferência já descamadas, cortadas em filés, e convertidas em moedas fortes....
John Lennon não era chegado em sardinhas e fumava um baseado com a Yoko Ono frequentemente. Ambos sonhavam, sonhavam, sonhavam... Nenhum fazia contas. Os discos vendiam muito bem para uma juventude sonhadora que emigrou para a Jamaica e Uruguai, onde "no problem". Sonhar é muito bom.

Temos que iluminar a história com lâmpadas reais, e "energia limpa".

https://www.youtube.com/watch?v=YkgkThdzX-8

Rui Rodrigues

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Urbe et Orbi et Cetera.


Resultado de imagem para terras produtivas no planeta
Oremos e meditemos sobre nós mesmos no contexto de uma vida limitada a este planeta.

No tempo dos Sumérios, éramos cerca de 4.000.000 de pessoas, cabendo a cada uma, cerca de 125 km2 ou 125 milhões de m2. Uma enormidade... Mas ninguém sabia que existia tanta Terra...

No tempo de Pedro Álvares Cabral, caberia a cada um dos cerca de 425 milhões de habitantes deste planeta 1,2 km2 ou 1.200.000m2 aproximadamente. 

Na Segunda Guerra Mundial éramos cerca de 2,5 bilhões de pessoas. Caberia a cada uma cerca de 0,2 km2 ou 200.000 m2.

Somos atualmente 7.500.000.000 habitantes neste planeta que tem cerca de 500.000.000 de km2. Dividido social e igualitariamente entre todos, cada um de nós ficaria com cerca de 0,07 km2, ou 70.000 m2. 

Para o ano de 2050 prevê-se uma população de cerca de 19 bilhões de seres mais ou menos humanos. Caberia cerca de 50.000 m2.

Mas sempre houve guerras por terras. Assim, parece que o problema está na qualidade e não na quantidade. Lutam-se hoje lutas barulhentas ou "surdas" pela qualidade da terra que se traduz em dinheiro. E se considerarmos que apenas 20% são terras "produtíveis", caberia a cada um de nós cerca de 1,4 hectares, ou 14.000 m2 atualmente.

Então você ainda acha que existe ou pode existir -  comunismo e socialismo, ou estão passando a conversa em você para que seja bonzinho e fiquem com a sua "fatia social" do planeta

E se dividirmos o PIB mundial (anual), isto é, a  "riqueza" total que o mundo produz anualmente, e dividir pelo total da população, deve chegar a cerca de 60 dólares mensais por pessoa. Talvez eu tenha errado minhas contas. Que tal conferir? 

Mas seja como for, Venezuela, Coreia, Cuba, e os antigos países comunistas são exemplos do fracasso desas ideias. Dividem nada ou quase nada entre todos. Os diplomas, doados a gente que coopera com o partido único, dificilmente são validados internacionalmente.   

Rui Rodrigues
Urbe et Orbi et Cetera

sábado, 15 de julho de 2017

Sorvete caseiro "Eroticus Safadus"


Direto da mesa do "Chef" RR.

No louquidificador: 1 maçã cortada em cubos COM CASCA. mas sem sementes. Se houver uma Eva em casa aja rapido senão ela come-lhe a maça até do pescoço. 1 banana sem disfunção eréctil cortada em rodelas SEM CASCA; 2 colheres de sopa de leite em pó SEM ÁGUA 2 Copinhos de iogurte natural feito em casa, ou de supermercado 1 colher de chá de essência de amêndoa ou baunilha ou outra que jugue essencial.

Se quiser engordar, 2 colheres sopa de açúcar. Senão, adoçante. Não bata no liquidificador. Pode estragar o equipamento. Usar vibrador não resolve a parada. Basta girar o comutador pra ele agitar a mistura até fazer borbulhas... Despeje em formas e ponha no freezer sem perda de tempo.

Coma sem pressa de aprovar medidas, de meias ou sem, mas sem meias medidas, de colher, garfo e faca ou lamba se lambuzando e dando beijo na boca da morena, ou em quem quiser, mas se gostar muito vai lamber até a maçaneta da porta ou a fechadura...

Mandem fotos que eu comi até a amostra...  E se minha avó conhecesse esta minha receita, não teria morrido tão jovem.

Rui Rodrigues

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Conselho aos emigrantes nacionais...


A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé e atividades ao ar livre

Se vai viajar de "mala e cuia" de uma vez por todas para o exterior, cuidado com a mala do seu dinheiro que tanto lhe custou ganhar. De cada 20, dê ou doe uma para o pessoal do Senado, outra para a Câmara, outra para o STF, uma para cada partido, uma para Lula, outra para Aécio, outra para Dilma , uma para Temer, meia para Marina... O que sobrar é o seu "pixuleco" que o Jose Dirceu passa e toma pra si... Então, finalmente, você passa na alfandega do Reino que a cada dia fica mais pobre... Mas quem se importa ????

Melhor se divertirem com novelas de época, quando terroristas pareciam ser gente importante... Agora são "coisa corriqueira", comum e corrente. Temos de montão... Aos emigrantes de esquerda recomendo Cuba, aos de direita Miami, aos do centro Portugal, aos aventureiros, o Mundo menos a Coreia do Norte e o Estado Islâmico.

Boa viagem!!! Vocês vão fazer falta a quem se obriga a ficar...

HA!!! e um versinho meio 
satânico, assim mais pro sacânico ...

Nenhum texto alternativo automático disponível.

Meu pulmão não é depósito de nicotina,
Meu ouvido não é penico,
Nossos políticos são cocôs à deriva
Num vaso sanitário de votação,
Remando a caminho do Banco.
Podem dizer que é uma m...
Que não me importo nem um centavo..
Rui Rodrigues

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Textos Texticulares da Rombonia Bizantina


Resultado de imagem para Deus faz Adao

E andando um Deus a passear pelo Éden, sem outro deus nem deusa parecidos com ele, por ser único, fez um bonequinho de barro, pendurou-lhe um penduricalho sem badalo, e chamou-lhe Adam, que passou a tratar por Adaminho, com muito amor e carinho e sentou-o à sua direita dizendo-lhe:
- Não te habitues a sentar aqui a meu lado, à direita, que está reservado para um descendente teu da terra que ainda lhes hei-de dar.
E continuou:
- Diz-me o que queres embora eu não seja o gênio da lâmpada. Ó ... Ó... Não abuses ... Um desejo só....
- Eu queria um amiguinho igual a mim, com penduricalho e tudo pra me fazer companhia...
- Tá certo. Mas vou dar-te também uma amiguinha para que possas ter filhos senão tuas entranhas vão arrebentar pelo lado de dentro e não pelo lado de fora como queres tu, seu malandro... Depois escolhes o que quiseres mais.
(E dizendo isto, o tal deus enfiou o dedo indicador dele no barro pela altura do que hoje é o umbigo, ficando-lhe o furo imprestável que Adam aproveitaria de bom grado se fosse mais fundo e livre de dejetos.

E o tal deus ficou muito feliz, proibindo brincar com todas as mulheres, e determinando que nenhum sacerdote futuro jamais tocaria numa mulher e as proibiria de serem sacerdotisas...
E assim se está construindo este mundo segundo a vontade desse Senhor...

Por mim, vou procurar outro deus mais verdadeiro, se houver algum, pegar umas diabinhas na parada da noitada embalada, e cair na gandaia.

Rui Rodrigues

Brasilia doçuras ou travessuras





As leis do Halloween

Ora vamos "lá" e "cá" ver: Temos que ser a favor das leis votadas, porque são "interessantes", realmente, e porque continuarão a ser transgredidas como sempre foram.

Sensacional ponto alto, foi a queda da contribuição sindical. Pena foi os ficha-suja continuarem nos seus postos, votando ora guloseimas ora travessuras como em festa de Halloween de adultos adúlteros. Pena de dar dó, ver a oposição, liderada por indiciada na lei, tomar atitudes de "terrorista moral e ético" numa casa de prostituição onde a lei parece ser transgredir sempre a Constituição e mudar o que não convêm na fabricação e empacotamento de maletas.
Nenhum texto alternativo automático disponível.

Só num caso, o do Guarujá, uma filial de Guaranhuns, Lula foi condenado a 9 anos, mas como não prenderam políticos até agora, e como soltaram o Aécio, pode prever-se que vão descondenar o cefalópode maleteiro.

Vai doçuras ou travessuras ????

Rui Rodrigues

(De olho nos contêineres)


A imagem pode conter: atividades ao ar livre e água

Bom dia...
(De olho nos contêineres)

Quando acordarem em muitos lugares do mundo já vai ter gente almoçando, e outros preparando -se para dormir. Existe uma linha internacional de mudança de data. Dando-se um passo para um lado estamos em 12 de julho, se dermos um passo para o outro lado já é dia 13 de julho, nas não sabem nem podem saber quem ganhou na loteria daqui antes de nós. Talvez a Caixa possa. Então, não adianta ir pra lá, pra arrebanhar um bau de 33 milhões de reais. Pra ganhar um balúrdio desses, mole mole, tem que se filiar a um partido politico, desses que andam por ai, aprender a roubar muito, ser campeão nisso, que o partido vos escolhe para disputar as eleições pra "qualquer coisa"... Os partidos investem em você. Só te dão um pontapé no traseiro se ganhar muito e não dividir nada com o pessoal do Partido, ou da "Fundação"... As Fundações são "organismos" pluricelulares que se podem enxergar a olho nu, sem necessidade de microscópios, destinados a receber "doações", malas, maletas, maletins, ba
ús, contêineres cheios de notas do tesouro ao portador... Pode faltar dinheiro para merenda escolar, pagar médicos, professores, etc, mas para esses não... Esses parariam, que o Brasil já parou desde 13 anos atrás, com o PT.

Ninguém fiscaliza bagagem de politico nem passa pelo detector de notas em alfândegas, e olha que eles não param com o rabo quieto. Viajam mais que papai noel no Natal. Dizem que é "mala diplomática"... Cê acredita ???

Se esta inana não parar, e não se passar a tratar politico como qualquer cidadão ou vagabundo rameiro, um dia o Brasil acaba em Bancarrota, toda a grana embarcada em navio contêiner...

Rui Rodrigues

terça-feira, 11 de julho de 2017

Aníbal e os Dinossauros de Brasilia.


Resultado de imagem para imperio romano tribunos


Um pouco de História do Império Romano para incrédulos, crédulos, régulos, créus, assarapantados históricos, pianistas do alheio de 9 dedos, fiéis de batina, toga, escapulários de coroinha, besuntadores de morcegos, dentistas de coisas comezinhas, obituários de necrópoles franguicidas, e outras estranhezas fantasmas, do mais profundo de nossas entranhas numa cantilena pintassilga de micróbios que vêm dinossauros embodalhar nossa vida como se não nos vissem, tudo fruto de um amor de perdição pelo Pais do Futuro que escolheu e se encolheu no passado:

Quem governava o Império Romano eram os tribunos, os cônsules, da República, todos filhos de patrícios. Os patrícios que mandavam no pedaço e eram donos do comércio, recebiam pagamentos extras aos de César, e mandavam nos prostíbulos, nos coliseus, em tudo... Para trabalhar tinham os "escravos", a quem não pagavam nem 13o, nem INSS, nem FGTS, mas que alimentavam e cuidavam bem. Imagine-se que para se vestirem nem precisavam costurar as roupas nem costurar pra fora: Bastava um pedaço de pano enrolado no corpo, sem cuecas nem calçolas nem calcinhas, tudo ao léu. Passavam os dias na fuzarca, sem nada pra se preocuparem, pensando apenas como sacanear o próximo e gozar gozadas tântricas pra contar em festas e baladas vindouras.

Sem nada para fazer, mulheres dos tribunos e os tribunos se dedicavam a transar o dia inteiro, uns se roçando em maçanetas de porta por indecisão de gênero, outros sentando no colo de tribuno distraídos pra agradar e limpar os intestinos, outros transando como se fossem morrer nas areias do Coliseu, mas todos se divertindo com escravas, escravos, mulheres-homem e homens-mulher, fosse de e quem fosse, porque o costume era esse: Ninguém era de ninguém, o que interessava era onde enfiar um sarrafo e como carregar uma mala, ganhar uma casa com piscina e termas com vistas para o rio Tibre, Tejo ou Mar do Guarujá...

Ora eu, recém chegado a este reino, e achando que a "Arena" do Vasco se deveria chamar de "Areia do Vasco", proveniente do Reino das Trevas, aquele onde nada se enxerga para não se passar mal, só quero saber quem é o tribuno que apita por aqui... Se é algum que se deva temer, algum que tenha vindo das profundezas do mar oceano onde "prolifarreiam" lulas e lesmas, e de onde surgiram 200 milhões de escravos tão cegos surdos e mudos como estes deste reino, onde os tribunais comerciam como Dante's Inferno .

Isto está demais !!!! Um Aníbal com uns 3.000 elefantes seriam bem vindos.

Rui Rodrigues
(Do livro "idiota é a tua genética)

receita de Sopa-caldo de entulho


A imagem pode conter: comida
Sopa-Caldo Iuso-hindustânico para invernos políticos de dar frio na boca do "estrômbago"e deixar o "céleblo" chapado no cerebelo.

Numa panela pra sopa, e nas quantidades que desejar (pense antes, sempre):

- Repolho cortado sem medo de dar pum.
- Linguiça calabresa sem pensar "naquilo", em besteira
- Coentro pra dentro
- Curry bem devagar, sem muita pressa (aquele lado hindustânico)
- Batata cortada longe das pernas
- Um caldo de costela mas de Eva. Nada de costela de Adão.
- Conteúdo de uma lata de ervilhas verdes. "Petit pois " amarelas só em Paris em desfiles de moda.
- Uma fatia de "carré" de suíno limpo (suíno porco não serve. Se não tiver confiança no fornecedor, mate você mesmo o suíno e bote o selo da C.I.F. )

Quando estiver quase tudo pronto, ao gosto, pode juntar um punhado de "fusili" de massa, não de borracha nem de bala perdida, e uns fios de azeite ( o lado lusitano).

Acompanha com um bom vinho seco, torradas com queijo, uma ou duas azeitonas pretas, uma boa companhia e uma cama do lado para assistir qualquer filme bom, menos infantil.

O prato é brasileiríssimo, e excelente como tudo que se faz aqui, incluindo filhos, menos os políticos que foram muito mal paridos por filhos do capeta Belzebu em Garanhuns!!!!

Rui Rodrigues
Do livro "Do melhor que já produzi".

domingo, 9 de julho de 2017

Deuses podem tudo!!!

Coisas de família.


A imagem pode conter: 2 pessoas

Hoje tive um entrevero muito sério com Deus. Disse-lhe:
- Olha lá... Tu que fazes pequenos milagres, coisa pequena, porque não fazes dos grandes, tipo consertar as mazelas deste mundo, ou te divertes com o sofrimento alheio ? Acaso és insensível e só sabes fazer milagres no casarão do Valdomiro ??

Deve ter se virado repentinamente, dado um beijinho no ombro, porque mais uma vez não me respondeu. Fiquei sem saber se era o Buda, Vishnu, Jesus, Alah... Nem se mostrou...

Ia perguntar-lhe porque será que deuses podem tudo, como ganhar presentes em maletas, apartamentos triplex, e nós mortais não, que até transar com a mulher do próximo nos é proibido...

Deus nunca aparece! Ia dizer-lhe que se Jesus é o mesmo que o Pai e o Espirito Santo, então Jesus transou com a mãe para ter ele mesmo... Mas não iria me ouvir novamente...



Eu ateu, os outros religiosos...

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e atividades ao ar livre

Roubam dutos da Petrobras, roubam contas do FGTS, roubam verbas do BNDES, roubam a CAIXA e o Banco do Brasil, Roubam nos índices de inflação dizendo que são menores, roubam nas verbas destinadas ao Estado enchendo maletas que distribuem entre amigos, roubam verba de ministérios de Educação, cultura, segurança, não revistam maletas de políticos e os aviões se enchem de notas, drogas e diamantes, e se admiram de pontos de droga, de carne deteriorada limpa e reposta pra venda com data de validade alterada, de nenéns roubados e mortes inexplicáveis em Hospitais, do menino que rouba sorvetes e balas de festinhas...

.. Admiram-se de ainda estarmos vivos e respirando, com a boca cheia de dentes, esperando a morte chegar... E se alguém propuser uma revolução e mandar emparedar todo mundo corrupto e bandido, vão chamar-lhe de "grosso" e insensível, anti-democrático e ditador...


Rui Rodrigues

sexta-feira, 7 de julho de 2017

A essência do Sexo na natureza perceptiva



Nenhum texto alternativo automático disponível.

Esqueça tudo o que sabe e reaprenda...

1- Passei anos lendo até no banheiro. Li e leio de tudo. Muito sobre a vida, o corpo humano, o transcendental, a vida, tudo... E raciocino razoavelmente bem....

1.1- Leio de tudo, o tempo todo. E raciocino.
2- E dizem: Nasci no corpo errado.
2.1- Desconhecem a natureza!
3- Numa savana africana, se o clima melhora e nascem mais gazelas, aumenta o numero de leões, porque ha mais comida disponível,
3.1 - Mas se o clima muda para menos pasto, ou a comunidade de leões aumenta muito, falta presa e o numero de leões diminui.
3.2- Quem avisa os leões para diminuírem sua quantidade?
3.3- Pois eu vos digo que é parte de sua integração com a natureza da qual fazem parte os leões e as gazelas.
3.4- E vos digo que a natureza depende de comida.
4- Numa comunidade de peixes predadores, pela temperatura da água, nascem 90% de machos, porque as águas quentes não geram muitos peixes herbívoros.
4.1- Então, quando as águas esfriam, os herbívoros proliferam e parte dos peixes macho se transformam em fêmeas, porque os filhotes terão muito do que se alimentar.
4.2- Quem avisa os machos para se transformarem em fêmeas ?
5- E os seres humanos que se dizem mais inteligentes, ainda não perceberam as "armadilhas" da natureza para o controle da natalidade. Ninguém nasce no corpo errado... Nasce na natureza que os controla, como o peixe palhaço. Eles não sabem, mas "percebem" ... São os "mártires" da espécie.
5.1 - Quem avisa o ser humano para ter umas cabeça sexual em desacordo com o sexo do corpo?
Por puro acaso não sou palhaço. O  assunto nem é genético nem de educação. É da "natureza perceptiva"

Rui Rodrigues

quinta-feira, 6 de julho de 2017

Os cheiros da cozinha


Resultado de imagem para panela de arroz no fogo

Há uma panela no fogo onde se cozinha um arroz com louro, azeite, alho e cebola. Começa a cheirar, odores escapulindo da panela pela tampa sem sotaque. Comida não tem sotaque nem nacionalidade. Comida tem apenas modos e tradições. Este arroz serve para fazer companhia a uma feijoada feita com feijão preto, um rabicó e uma pata de porco, e um naco generoso de linguiça calabresa que nunca conheceu a Calábria. O porco também não. Adivinho que vivia em Minas Gerais, tranquilamente até ser escolhido. Amália quis preparar um "refogado" pra dar mais sabor, enquanto a chuva começava seu canto coral para acompanhar o frio que inundava o ambiente como se fosse um gás. Ainda relembramos os velhos tempos em que tudo era inesperadamente bom e acolhedor, mesmo quando não parecia. Um naco de queijo, um pedaço de pão e uma taça de vinho antes da feijoada, como que para abrir o apetite com chave de ouro. Olhamos em volta, mas não havia ninguém para nos bater palmas. Perguntamo-nos porque haveriam de nos bater palmas, se quem nos conhece não as bate? Concluímos que era por não terem mãos livres, ocupadas que sempre estavam em fazer pequenos pedaços de nada com que constroem montanhas de nada. Pra nada. . Um dia os seres humanos evoluirão para seres sem mãos, ou como as dos dinossauros, muito pequenas, para serem usadas apenas para teclar num I-X qualquer desses do futuro, em que se pensa numa coisa e ela nos aparece.
Depois do jantar, Amália sumiu!

Rui Rodrigues