Pesquisar este blog

sábado, 27 de maio de 2017

O sucessor e os antecedentes...

Nem 'contra- tudo' nem 'pro-nada', mas noticias são de hoje, anteontem e ontem, pra digerir até amanhã ...




- Alkmim... Desastraram-lhe o filho, desistiu da candidatura a presidente, muito candidamente...
- Lula une-se a FHC, novamente) e a Sarney, continuamente, para proporem novo presidente, como se mandassem alguma coisa no puteiro da corruptela da republica cooperativa de inter-bandos políticos...
- Aécio vai estar inelegível
- Maia descabelado o povo não permite. É uma criancinha ameaçando contar pra mãe que lhe querem roubar o docinho...
- Vera Lucia do STF nem pensar... não se dobra facilmente e "tem um lado": Quando está de frente parece que está de lado e quando está de lado, desaparece... Por vezes se parece com o Chico Anysio (vampiro brasileiro)
- Moro não prendeu nenhum graúdo, predador, gente de saco roxo, grelo duro, ou com doutorado na Sorbonne mas politicamente devasso como os outros... E ainda soltou a Claudia Cruz com aquela cara de quem se divertia "por fora" (com esse sorriso fica-se com vontade de perguntar para o Moro - Comeu ???? ...rsrsrsr)...

Sobra a incólume e virgem Dilma, mais honesta que Al Capone, que o Lula, que o Papa, que o Toffolli, que o Maluf, que a corja toda que conhecemos...

To pegando meu trem pro Polo Norte. De lá deve dar pra ver como isto vai ficar... Vou encher o saco de Papai Noel, tomar leite de rena...

Como foi Moro???? ... COMEU OU NÃO COMEU ????

Mas primeiro, alguém que diz que não sai tem que sair....
- E o Temer sai ou não sai ????
- Claro que sai... Hoje a 5a ministra largou o barco, a do BNDES...
- Pois é.... O Brasil mudou e eles não mudam...
- Acabam ficando sem os técnicos Expert que faziam o trabalho sujo... Sem técnicos ficam sem saber o que fazer!
- Collor e Dilma diziam a mesma coisa... Que não saiam...
- E queria fazer reformas com o bando todo votando...
- Claro... Primeiro expulsa-se o bando, depois se reforma...
- O Temer ocupou o poleiro pra cantar de galo e defender o PT, e a base "aluada" toda...
- Temos que passar o Brasil a limpo!!!!
- E tirar aquele idiota que puseram na chefia...
- Qual ????
- Aquele maluquete com cabelinho pega-traveco que segura os pepinos e não deixa avançar os pedidos de impeachment...
- Será que ele tem um cavalo chamado Incitatus ????
- Chefiaria melhor a Câmara do que ele...
- Incitatus, o cavalo de Calígula Maia ficaria na história...

Rui Rodrigues

sexta-feira, 26 de maio de 2017

Duas coisinhas em 26 de maio de 2017

Pensando na morte da bezerra que depois virou anta e foi pro brejo como se fosse uma vaca esperneante e cabeluda.


Imagine-se em desespero num pais comunista - Coreia do Norte, por exemplo - ao ter acesso, por descuido das autoridades locais, a uma foto destas... Dirão

- Eu quero uma mulher igual a esta! ... Mas embora haja parecidas, não são tantas que haja uma para cada um... 99,999999% não terão uma mulher nem parecida....
- Quero uma jaqueta dessas!... Mas nem imitam direito... A da foto foi feita por encomenda só pra um ... Igual ao casaco da Melanie e ao vestido branco (quando foi ver o Papa vestiu de negro por respeito, porque Papa não come tudo o que os humanos comem)

Então se explica a falta de referência, e a idiotização que querem impor como medidas necessárias para que o povo não peça o que não pode ter, não reclame do que o governo faz ou tem, desde o primário... Como em Cuba onde são felizes usando cupons de racionamento e oram a Fidel que Francisco Argentino deve fazer Santo, e ao Che Guevara, logo os dois de uma vez)



Os governos assim, acham que o povo é pentelho e ignorante, e porco, como os nazistas de Hitler, que exige demais sempre que pode, e que a vontade a ser feita é a de quem manda... Claro que os salários deveriam ser como numa Piramide bem mais achatada, mas como ficaria o incentivo e qual o preço da responsabilidade ????

Diálogos traumáticos indecentemente inquietantes e inquisitivos



- Que porradão, hein, seu Aécio !!!
- Que porradão, hein, seu Temer!!!
- Foi você, Temer ????
- Não, seu Aécio... Foi você ???
- Foi o Lula!!!!
- Foi o Lula!!!
- Mas não foi sozinho...
- Isso... Mas então alguém ajudou !!!
- Quem ???
- A Dilma não foi... Ela é muito burra!!!!...
- Burra não!!!!... Ela fuma desbragadamente... Tá sempre dando um tapa na pantera e é viciada em tapa na barata... A maioria dos sapatos dela são de bico, pra pegá-las nos cantos...
- Então foram o FHC e o velho Sarney que aprontam desde o golpe de 1964 ...
- E o Cunha e o Renan... Tudo indiciados !!!
- Hi !!!! se vamos por aí, não sobra nenhum dos eleitos nas urnas... até a Gleisi e o corno do marido nas sombras... Afinal quem é o amante da "amante" ??? Quem era o Urubu que comia a carniça ???
- Seria o velho Odebrech ou o "bonitinho" ???
- Num importa... O Bolsonaro pode ter ajudado muito...
- Vamos sair desta ???
- Já saímos...Já não apitamos mais nada...
- Vamos chorar ou arrepiar caminho ???
- Acho melhor pensarmos quem vai governar este pais... Deve ser alguém do STF, não ???
- Claro o Maia não saiu ao pai... Muito infantil!!!
- Ta todo mundo cagado....
- Ta todo mundo cagado...
- E a Vera Lucia tá limpa ??? será ???
- Seria a unica... Num acredito...
- Nem eu...
- Quem pode nos ajudar numa hora destas ???
- Só o Moro...
- Então vamos fazer uma delação premiada...
- Quem apoia o Moro ???
- Essa a questão!
- Deve ser o Trump...
- Ou o Putin...
- Ou a China!!!
- Ou o demo!!!
- Não... O Papa!...
- Isso...Vamos transpor o S. Francisco
- Melhor... Vamos rezar aos 3 pastorezinhos de Fátima para ver se fazem o primeiro milagre argentino...
- Shhh .. Num fala nada pra ninguém...
- Shhh pra você também ..
- Nos vemos na Papuda!!!
- Vira essa boca pra lá ...
- Agora lembrei... Quem manda são os banqueiros... Eles que têm dinheiro...
- Tens razão... Ideologia não funciona desde o primeiro imigrante, que deu valor ao dinheiro...
- Isso.. Primeiro o dinheiro, depois a ideologia!
- Isso. Isso...

Rui Rodrigues

quarta-feira, 24 de maio de 2017

Diretas ou indiretas ???


No Congresso, oposição promoveu tumulto em sessão da Comissão de Assuntos Econômicos do Senado

A FOTO QUE ILUDE

Liberais contra anti-liberais ???
Esquerda contra direita ???
Bons contra maus ???
Igreja de Uns contra Igreja de outros ???
"Etecetras" contra "coisas e tais" ???

Não!...

Apenas uma luta entre facções que querem botar a mão na massa dos nossos impostos... Eleições diretas com esses bandidos ainda no poder, significa que algum deles vai ser eleito pelo povo... Eleições indiretas significa que eles vão eleger um "deles". Pensando nisso, Marina Silva fundou uns cinco partidos com capa diferente mas carne fraca igual... Quem ganhar ganham todos (deles, os "cumpanheros"), assim como nas licitações (Quem ganha divide com os outros)... E o próximo a eleger-se livra a cara de todo mundo (O falso pacificador)...

Precisamos de algo mais forte que doa a quem doer... Que afaste os duvidosos e os julgue, que puna os bandidos e os separe dos justos ate cumprirem o total da pena, e devolvam o dinheiro que nos roubaram...

Nosso problema é de moral e ética... Poderia ser pior, mas é apenas isso.. Apenas isso... Nenhum desses briguentos está defendendo o nosso lado... E Marina Silva, a calada, faz o seu jogo, mesmo parecendo que não briga...Ela é cria do PT.

Sem ilusões !!!Como no velho oeste, estão jogando poker sujo... Ou se resolvia ali mesmo, ou se passava uma corda num galho de arvore, ou se cobria o sujeito de piche e penas....

Rui Rodrigues

segunda-feira, 22 de maio de 2017

Amo vocês de montão - Dia do abraço.!!!!







Amo vocês de montão

Nunca me canso de agradar ao pessoal do Facebook... Me desdobro, faço o impossível... Mas um dia destes, já faz tempo, disse que o Willys não deveria ter cuspido no Bolsonaro e pronto... Toda a coluna gay que me seguia, desapareceu nessa manhã de nevoeiro e teve até uns dois que me disseram:- Grosso!!!! Depois, num outro dia, eu disse: - Lula é um ladrão!!! e pronto... Perdi uns 500, e mais 500 quando disse que Dilma sofria de alguma coisa e estava enfiando os pés pelas mãos... Cheguei até a dizer que ela era lesada das idéias, como de fato... Uns 50 debandaram quando disse que havia muitos muçulmanos legais, da paz, e mais uns 50 quando disse o mesmo dos judeus, dos cristãos, dos umbandistas, dos evangélicos, dos vedas, taoistas, budistas, num total aproximado de 500 por causa de religião, e mais quinhentos quando quis consertar tudo e disse que era ateu... Não sei se vocês têm o mesmo problema que eu, de querer agradar a todos e ver os amigos se esvaírem, desaparecerem, escafederem-se... Vi tantos erros no pessoal de esquerda em todo mundo, que dei uns passos para a direita tal como estão fazendo em todo mundo, mas os anti-Trump, os anti-Brexit, os que não gostam de sushi e Sashimi mesmo sem terem provado, puseram-se na alheta e nem curtir me curtem quando digo que Temer deve ir em cana como todo mundo, que Lula tem que ser preso primeiro, pela ordem, e que todos os corruptos devem ir presos... Como se gostassem de corruptos no governo apenas porque não são PT. Quem gostava de samba ainda fica por perto, mas perdi muitos amigos do Funk... Mas fui desabafar malhando o Flamengo por ter sido eliminado da Libertadores mais uma vez e quase que perco aqueles amigos lá da Gávea... Perdi muitos amigos e amigas do "rei" por dizer que ele mentiu ao dizer que deixara de ser vegetariano pra comer Friboi e o amigo cabeludo que foi avisado mas nunca acreditou que a carne era fraca, e isso depois de tanto fazer novelas pensando que representa, mas sem convencer...

Sobrou-me a gata de quatro patas, uma de duas pernas, e a família mais chegada, além de uma meia dúzia da torcida do Flamengo, e alguns fãs da Theresa May e do Trump...

Abraços para os meninos, beijos para as meninas, que hoje é dia do Abraço e amo vocês de montão...

Rui Rodrigues

domingo, 21 de maio de 2017

Culinária - Mundongo, tripas à moda do Porto, minha querida sogra


Tripas à Moda do Porto ou Mundongo é uma comida única, luso-brasileira, feita do mesmo modo aproximado, saborosa, nutriente, uma delicia culinária que tem sabor de quitute, de petisco. Esta receita leva a chancela de minha falecida e saudosa sogra, Suzana de Campos Vieira, professora no Rio Grande do Sul, e de minha tia, de Portugal, que tinha o dom da cozinha muito mais que de enfermeira.

Vamos ao prato, que uma vez, em nosso segundo encontro, Suzana preparou no apartamento do centro de Porto Alegre, antes de casar com a filha dela. A receita é parecida. Elas fez com mão de vaca. Também pode...

1- Deixe de molho orelha de porco, linguiça calabresa e ou paio, costelinha de porco, carrê de porco, mão de vaca, pe de porco, dependendo da quantidade de pessoas a servir... Em separado, deixe de molho feijão branco - ou grão de bico - em quantidade que depende das pessoas a servir...
2- Faça um arroz branco simples com cebola, alho, azeite e louro.
3- Depois que o sal sair (pelo menos meio dia de molho), junte as carnes, o feijão branco, folhas de coentro, 1 a 2 cebolas, 4 dentes de alho, e cozinhe numa panela de pressão por pelo menos uns 45 minutos depois que começar a "bufar"...
Resultado de imagem para tripas a moda do Porto

Coloque, ao servir, umas folhinhas de coentro, ou salsa picada... Com vinho ou cerveja, mas prefiro vinho... E pimenta!!!! Tem que ter pimenta vermelha, umas gotas, ou piri-piri como se diz em Portugal...

Suzana tinha respeito pelas pessoas, e as pessoas a respeitavam... Diferente de "tirar partido" das pessoas, para usufruir, quer porque as pessoas fiquem cegas por amor, quer finjam que não veem por amor... Suzana simplificava as coisas. 

Bom proveito!!!!

Resultado de imagem para mão de vaca comida

Rui Rodrigues 

domingo, 14 de maio de 2017

O corredor da catedral...




De vez em quando temos que aturar confissões de pessoas comuns como todos nós... Outras vezes é um prazer. Aqui no Bar do Chopp Grátis isso é muito comum, quase diário. Algumas nos fazem meditar muito. Parecem filmes feitos de realidade irretocável e compreensível.

Há momentos de clarividência que nos chocam. Um dia disse a meu pai que tinha ideias novas, inovadoras, mas que de um dia para o outro, sumiam. Aconselhou-me a fazer exercícios mentais para tentar "fixar" na memória, e se realmente "importantes", anotar em blocos pequenos de papel, desses de bolso. Ainda hoje uso essa extensão de meu cérebro, e meu pai já morreu há muito tempo. Um dia olhei para ele e vi que éramos dois homens. Eu estava formado, sai de casa para não explorar meu pai. Foi então que ele começou a tirar férias todos os anos. Viveu assim mais 30 anos. Estou chegando na idade em que ele se foi. Na minha idade os anos passam como passos no corredor de uma catedral gótica a caminho do altar dos sacrifícios. Porque uns nascem ibéricos, outros nórdicos, russos, índios, hindus... Não há escolha alguma, mas muitos dos indivíduos pensam que sim e pensam que essa ascendência, procedência, descendência, é a causa das diferenças, mas não é. Somos diferentes porque a natureza não se programou para que todos fossemos iguais, embora se programasse para que nos identificássemos como "iguais", ou semelhantes. Nossas diferenças se acentuam com a língua, com a "formação" religiosa, com a letra do hino nacional, com o grau de educação e o nível de cultura, com mais ou menos fome na infância, a assiduidade e intensidade de amor... E com as companhias e amizades que escolhemos. A cada minuto de vida nos tornamos deferentes do individuo que éramos no minuto anterior. Uns diferem muito, outros pouco, alguns quase nada, mas não temos como aferir essas mudanças, ainda. Quem convive diariamente com outrem pode notar-lhe mudanças ou não, dependendo do quanto esse outrem muda, e de sua própria capacidade de percepção.

O corredor de catedral é uma máquina do tempo que quase não se move na nossa infância e adolescência porque não podemos percorrê-lo como queremos, que na juventude se percorre mais depressa porque dominamos nossa vida, e que cada vez mais lentamente vamos percorrendo até pararmos em definitivo no final da senilidade. No começo de nossa vida, todos os bancos da catedral estão cheios de gente, a maioria está sorridente, conversam conosco. Uma ou outra pessoa veste de negro, o olhar é sombrio e feroz. Em outra boa parte o rito do rosto denota a indiferença mesmo que sem desdém. A catedral não é segura para qualquer um. Muitos tombam pelo caminho. Nos últimos dias os bancos estão praticamente vazios a menos que esperem herança, um reconhecimento, ou queiram ter o prazer de nos dizer como ultimas palavras de conforto, palavras negras de fel de quem nos odiou gratuitamente, ou com razão, durante todo o percurso no corredor da catedral. Mas há os cristais formando desenhos coloridos por onde se filtra a luz e que a iluminam. São os vitrais da alma que se veem do lado de fora e atraem ou afastam os fiéis. Os fiéis sentem-se atraídos por todas as virtudes e por todos os defeitos que expressamos nos vitrais. A porta e o altar. O começo e o fim. Não há sacerdote na porta nem no fim, sacerdotes têm seus próprios corredores, fazem seus próprios vitrais, são gente cinza, ou sorridente, indiferente, em outras catedrais de outras gentes em cujos bancos se sentam por maior ou menor período de tempo, e isso em, nada conta para a porta ou o altar, que são únicas para cada um de nós. As portas, os altares, as pessoas. Uma indiferente para um pode ser amorosa para outro. Ser indiferente ou morder com beijos pelas costas. A catedral não serve apenas fiéis. De vez em quando aparece quem se sente nos bancos para usufruir da sombra, escutar o órgão com lindas canções, sentir calor humano de dizer "Amém" em conjunto, assim como se fazendo sentir parte de uma comunidade, e muitas nem cantam. Escutam embevecidas e nem nos veem passar pelo corredor. Uns nos quebram os cristais dos vitrais, e até nos destroem a catedral. Cuidado com esses que todos os dias se levantam do seu banco e sentam em outros, sempre na frente, contando o que querem, mesmo inverdades, e vão esvaziando os bancos no futuro. Sim, há um sino que badala com o vento e velas que se apagam pelo mesmo motivo. São avisos. Fiquemos atentos e não os desprezemos. Em pontos estratégicos há capelas. As capelas são para se colocarem santos. Cada um coloca os deuses e santos que quiser, mas se imagens são estátuas, nada há para se colocar, como podem estátuas serem deuses, que se a cada novo deus que surge muda o que o anterior fez e disse, o que seria da consistência e credibilidade da verdade a ser mutável? Nunca, nunca, absolutamente nunca escutamos a ultima homenagem a menos que sejamos enterrados vivos. Mas que homenagem? Acaso não ouvimos e vemos as ultimas homenagens dos outros que ficam pelos corredores de suas catedrais? Que esperança de termos uma diferente, sem quebra de vitrais... Não é do pó que viemos, nem a ele que deveremos retornar. É ainda mais anulador. É dos átomos que viemos e aos quais nos deveremos decompor. Alguém comerá uma hortaliça no futuro, que conterá átomos nossos e que venham a fazer parte de cromossomos que se reproduzam, originando novos seres. Somos unidades recicladas de reciclagem.

Agora cantem os salmos enquanto caminham pelo corredor! Se quiser tapete vermelho, lâmpadas em vez de velas, compre os seus, venda-os antes do final do corredor, perto do altar, que é onde os átomos se anulam esperando a reciclagem. Não há fila! De meu pai herdei muito mais que os átomos reciclados que reciclou em minha mãe.

Rui Rodrigues

quinta-feira, 11 de maio de 2017

O interrogatório de São Bernardo do Guarujá


Um drama do quotidiano da série de melodramas intitulada "Melou o drama"



Pergunta o juiz de gravata a um rapaz sem gravata mas com suspensórios, de seus 30 anos calçando pantufas plastificadas de seda da China, e um boné com inscrição "Curta o Guarujá inté se acabá- vote no PT" .

- Sobre o que discutiam?
- Alguma coisa sobre ela assinar uns papéis...Ela dizia que estava farta, tava velha demais pra isso, que não assinava mais nada e que se tivesse que depor, que não iria mentir.
- E ele ?
- Chamou-a de velha coroca que não tinha onde morrer morta se não fosse ele... Que ela lhe devia a própria vida, e que ia chamar a Rosemary pra lhe dar um chupão no pescoço e outro no bigode inferior...
- E depois ??
- A mulher começou a bufar, ouvi como que objetos batendo em vidros e depois um corpo cair...
- Só isso ?
- Ela deu uns três berros pedindo uns remédios para pressão...E depois ficou o silêncio!!!
- E você estava onde ??
- Ia passando na escada , ouvi barulho e por curiosidade fiquei ouvindo. Ouvi passos na direção da porta e me escondi . A porta se abriu e logo se fechou. Então voltei a encostar o ouvido na porta. O cara só chamou a ambulância passada meia hora depois que a mulher caiu...
- Viu o homem ?????
- Claro... Gordo, careca, barba porca por fazer , um copo de cachaça numa mão de nove dedos...
- E não ouviu mais nada ???
- Um pouco antes de chegar a ambulância, ele disse:- Tá vendo, vaca ??? Agora tu não vai contar mais porra nenhuma pra ninguém.... E riu ... Ficou rindo um tempão.... Aqueles agarramentos em público era tudo de fachada... Parece que ela não morreu nem antes nem depois. Morreu exatamente na hora certa pra ele.

Rui Rodrigues